18 de janeiro de 2018

Minerar bitcoin: como evitar que seu pc seja usado sem a sua permissão

O Bitcoin está nos jornais e nos portais de notícias! Com as variações e o valor absurdo, a moeda virtual está recebendo bastante atenção. Por conta disso é fundamental se proteger, para evitar que o seu computador seja usado para minerar bitcoin sem sua permissão.
Vamos entender como isso funciona.

A moeda

O Bitcoin não é regulamentado por nenhum banco. Sua circulação é controlada por um algoritmo e sua “emissão” é feita através da mineração.

A mineração é o ato de produzir as moedas. Para isso existe uma sequência de números, a blockchain por exemplo, e para ganhar a moeda é preciso descobrir qual é o próximo valor dessa sequência. Para isso, computadores testam diversos números até descobrirem o correto.

Como as possibilidades são grandes, é preciso vários testes rapidamente. Isso demanda um poder de processamento enorme. E é aí que entram outros computadores.

Para conseguir ser o primeiro a resolver o problema os mineradores pedem ajuda de outros computadores, usando o seu processamento para ajudar a resolver a equação.

Não tente isso em casa

É tentador entrar em um mercado rico com algo que, teoricamente, não dá tanto trabalho. Porém, minerar sozinho não é uma boa ideia. Isso porque hoje em dia, com a popularização e a dificuldade da mineração, é praticamente impossível ter um resultado positivo.

Um computador normal, não tem a mínima chance de ter sucesso consistente nessa tarefa, fazendo com que qualquer investimento seja um desperdício.

Por isso, para ter alguma chance é preciso contar com computadores caríssimos, além de custos de infraestrutura como energia e refrigeração. Combinando isso com a volatilidade do mercado, fazem com que este tipo de investimento simplesmente não valha a pena.

Não deixe seu PC minerar bitcoin para os outros

Porém, há quem tente, e pior, utiliza o computador alheio para minerar sem a permissão do proprietário e sem recompensá-lo.

Isso porque uma forma de conseguir o poder de processamento necessário para minerar o bitcoin é justamente usando o equipamento alheio. Como essa tarefa é pesada, sua máquina pode ter o desempenho comprometido.

Uma das maneiras de fazer isso é através de um ataque direto por vírus ou da instalação de algum aplicativo que tenha um código de mineração rodando por trás.

Além disso, os hackers ainda podem implantar um algoritmo dentro de um site popular, e cada vez que o usuário se conecte, fica exposto a esse tipo de situação.

Para evitar isso, é sempre fundamental ter uma ferramenta de defesa. Antivírus devem estar atualizados para remover qualquer tipo de malware. Para perceber um possível uso indevido é necessário prestar atenção no desempenho da máquina.

Dentre outros sinais, alguns que podem indicar uma possível mineração de bitcoin indevida é quando em computadores de mesa (desktop), de uma hora para outra apresentam lentidão e as ventoinhas operam sempre em velocidade máxima.

Já nos notebooks, a bateria indo embora muito rápido podem ser um sinal de que algo está errado. É bom consultar o gerenciamento de tarefas, pois ele exibe um gráfico com o desempenho exigido. Se for maior do que o esperado, especialmente sem estar fazendo nada, pode ter alguma coisa errada.

Obviamente estes e outros problemas podem ser também devido a depreciação do aparelho, estes exemplos citados são comuns também para máquinas mais antigas. Mas é sempre bom ficar de olho nos sinais que o seu computador apresenta.

 

Independentemente do que venha a acontecer é preciso se proteger. Assine a nossa newsletter para receber novidades e mais dicas como essa. Até mais! 😉

Atendimento Click